O paradoxo da obesidade…..será mesmo?

October 27th, 2013 por

Alguns estudos têm apontado para uma condição denominada “O paradoxo da obesidade” como sendo fator protetor da evolução de pacientes acometidos por  enfermidades, como acidentes vasculares cerebrais, doença renal crónica, entre outras, em termos de morbidez e mortalidade. Já no meu entender, não denominaria essa condição de paradoxo. A meu ver o que ocorre é que indivíduos obesos quando acometidos por enfermidades de impacto leve/moderado, talvez até mesmo grave,  em termos de resposta orgânica ao trauma, têm reservas nutricionais que lhes permitem passar por essa fase de doença sem os efeitos negativos da desnutrição. Essa, sem dúvida, fator de risco alto para complicações, mortalidade, tempo de internação e custos aumentados.

O estudo de Doehner WSchenkel JAnker SDSpringer JAudebert HJSobrepeso e obesidade estão associados com melhora da sobrevida, do resultado funcional e da recorrência de AVC agudo e Ataque Isquêmico Transitório: observações do estudo TEMPiS  mostra  exatamente a associação entre peso corporal aumentado e evolução.

A aluna Sibelle Caroline fez  resumo do trabalho Peso corporal e evolução.

Deixe um Comentário

Seu email não será publicado.

*

* Copy This Password *

* Type Or Paste Password Here *