Voltemos ao champanhe para comemorar o Sol que brilha em BH….finalmente!

January 5th, 2012 por

A vinificação – etapa I

Este processo representa transformar a grande quantidade de “suco de uva” conhecida como mosto no verdadeiro champanhe. Como todos os demais vinhos, há a necessidade de que este seja fermentado para que ocorra a conversão do açúcar em alcoól. O primeiro produto gerado desta fermentação é o chamado “vinho claro” ou “vin clair” e,  é fermentado separadamente de acordo com o tipo de uva, e em muitos casos, por cru (veja post anteriores para saber o que é um cru) . Ou seja, Pinot Noir  cru Verzenay gera vinho  claro Pinot Noir Verzenay. Assim ocorre com as demais duas castas e respectivos crus.

É fundamental que a temperatura da fermentação seja controlada, por isso, a região de Champanhe é tão boa, pois raramente há extremos de temperaturas. Caso isso ocorra, o risco de interrupção da fermentação existe, gerando resíduo de açúcar e um vinho instável. Outro aspecto essencial é que as leveduras utilizadas na fermentação sejam originárias da região de Champanhe. Esta característica não é exigida em outros vinhos!

Ainda nesta etapa da vinificação, o processo de chaptalização, ou seja, a adição de açúcar ao mosto para gerar o vinho claro com determinado teor alcoólico é etapa fundamental da vinificação, principalmente se o conteúdo de açúcar estiver abaixo de 10,5. Em suma, este processo consiste em enriquecer a graduação alcoólica do vinho, quando o mesmo não consegue atingir o nível desejável da maneira natural (apenas com a quantidade de açúcar na uva). Em geral, adiciona-se açúcar de cana ou ,no caso da Europa, o açúcar de beterraba).

Agora um pequeno segredo….muitos produtores de vinhos preferem comprar uvas com teor mínimo exigido pela CICV (Comitê interprofissional de vinhos de champanhe), e adicionar açúcar para aumentar o teor alcoólico. Porque? …….

Fácil assim: as uvas de qualidade são caras e o açúcar é barato! Aqui jaz mais uma das justificativas que diferenciam os champanhes em faixas tão distintas de preços. Poderão observar  quando começar a descrever algumas marcas o porque de preços tão altos, mas que sem dúvida são justificados pela prefeição do champanhe em todas as etapas de criação dessa bebida dos deuses!

 

Deixe um Comentário

Seu email não será publicado.

*

* Copy This Password *

* Type Or Paste Password Here *