De s….cheio com esta gentalha!

May 18th, 2017 por

Um bando de corruptos já está preso, outros estão a caminho de o serem. Que sejam todos os que roubaram e ainda roubam neste país,  ao qual denominei “Odebrechtlandia”, mas agora sei que é OASlândia, JBSlândia etc etc…

Moral desta simples histórinha: grandes empresários neste país mamaram “nas tetas” de governos corruptos e, são tão criminosos quanto os que encheram os bolsos dessa grana suja, enquanto o povo na pior se mantem!

Delatar é uma maneira de se conseguir chegar à raiz do problema, sem dúvidas. Contudo, tenho escárnio em ouvir e ver todos esses criminosos delatores, que parecem gozar com a cara dos simples mortais quando contam, com desprezo, as corruptelas e os desvaneios oligofrénicos de seus impérios da roubalheira. Para alguns, a prisão até parece ter trazido alguns benefícios, vide-se Mónica Moura que está esbelta e de “look” bem mais jovem. De que será que ela usufruiu nesses tempos de carceragem, enquanto os advogados inteligentemente preparavam os acordos de delação? Certamente, muitas gostariam de saber, pois a imagem de hoje  é distinta da dos tempos em que vivia com os privilégios “da amiga presidente”.

São tantas as histórias tristes a que temos estado expostos nos últimos tempos, que me pergunto “há alguem santo neste país?”.

Infelizmente, a minha fértil imaginação de imediato me diz “não”.

Nem eles, nem a maioria dos que vivem o conhecido “jeitinho brasileiro” o são. Algo que muito me assustou quando jovem adolescente aqui cheguei, vinda de uma revolução e guerra. Afinal,  para tudo havia um “jeitinho”. Assim, mais ou menos: “fura a fila do cinema, porque meu amigo está lá na frente e, afinal eu vou com ele assistir o filme, mesmo que o grupo seja distinto”; “uma gorjetinha para o pseudo-tomador de conta para garantir que nada aconteça com o meu carro, ainda que isso não seja atribuição dele”; “liga para fulano que pode te ajudar a conseguir isto”; “parado pela polícia, oferece uma notinha”etc etc….afffffeeeeeee!!!

Enfim, tudo isto parece normal nesta sociedade, em que as pessoas ficam caladas, até mesmo quando vêm o errado acontecer debaixo do seu nariz. “Afinal, não é comigo”. A alienação é geral, mas a agitação nas mídias é intensa. Que paradoxo!!!

Talvez, por tudo isso se ache normal:

  • roubar (ou seria melhor, aceitar a contribuição???) para dar ao outro uma vida melhor;
  • roubar para administrar;
  • roubar para manter o poder:
  • roubar para ganhar votos:
  • roubar para comprar o direito disso e daquilo….
  • E assim continuar-se-á a roubar!

Teoria da conspiração contra o Lula, Cunha, Aécio, Temer? E por onde andas Marina, Heloísa Helena  e sei lá quantos outros?

Ah para!!!!….São todos farinha do mesmo saco podre, que merecem mesmo ir para a cadeia, se culpados!

Para mim, uma diferença existe entre defensores deste ou daquele, no qual devo-me incluir. Há provas concretas?

Se sim, prende independentemente se é presidente, ex-presidente, ministro, senador ou deputado!

Paremos de defender ladrões, ainda que a “pseudo-ideologia” nos faça acreditar nas “benfeitorias” alcançadas em tempos de “pseudo-crescimento”. E, aos pseudo-intelectuais eu “truco”,  porque o crescimento de um povo, não se faz com esmolas (cotas), mas sim com educação de verdade, que começa lá nos primórdios da vida, quiça até intra-uterina.

Se o tal do jeitinho não prevalecesse, as ruas deveriam estar cheias do povo a gritar por justiça, pela ética e pela verdade, em vez de gente hipócrita com cartazes “eu não votei….”

Vai, comecemos a “faxina da nossa própria alma”. Chega desse jeitinho para tudo!

Deixe um Comentário

Seu email não será publicado.

*

* Copy This Password *

* Type Or Paste Password Here *