Detox? O que mesmo?

February 21st, 2016 por

Como prometi, esta semana ainda vou abordar o tema “detox”, apesar de  que existem muitos outros assuntos como “dieta intermitente”, ética, palestra que dei em  Brasília esta semana, vidas passadas e recordações. Realmente tive uma semana repleta de atividades e sentimentos. Hoje, só vou escrever porque prometi, pois poderia parecer que estou completamente à toa. Então vamos lá:

Existem no mercado, além do que se encontra na mídia leiga, incluindo aqui a internet, livros que abordam as dietas “detox” com fundamentos ditos (quero ler muito, pois como não encontrei embasamento científico no Pubmed, estou curiosa para saber onde mais devo procurá-los) científicos. O mais incrível de tudo, é que até o dicionário Aurélio, já mostra a palavra não como “desintoxicação”, mas sim como “detoxificação”. O tema borbulha!   E eu curiosa…

No mercado americano e também no brasileiro, encontram-se dietas prontas com o objetivo de “detox” e, tal qual o “ar” estocado (não, não, não é o da nossa presidente. Acreditem, há gente que estoca ar na Gran Bretanha e, vende à bagatela de cerca de quatrocentos reais, o potinho. Mas claro, não na terra da rainha, e sim na China, onde tudo e mais alguma coisa é possível) fazem o maior furor. Em suma, há consumidores ávidos por pagar, independentemente da quimera! A relatividade de sorte ou azar, precludem a minha discussão filosófica sobre quem é o sortudo ou o azarado. Mas sigamos…

Nos Estados Unidos, entre médicos “naturopáticos”, uma pesquisa realizada há cerca de cinco anos,  mostrou que 75% deles prescreve este tipo de tratamento com a justificativa de tratar “exposição excessiva a toxinas” (quais pergunto eu?), doenças gastrointestinais (quais mesmo?), “limpeza” preventiva do organismo, doenças autoimunes e inflamatórias (opa, quais?), fibromialgia, fatiga crónica e perda de peso. Ou seja, igualzinho à proposta daquela propaganda “…..mil e uma utilidades”. Então, porque eu deveria estar aqui a gastar o meu tempo para discutir isto?

Talvez, porque ando incomodada com tanta “malandragem” e,  pense que o que falta cada vez mais para os meus colegas da área da saúde é voltar a estudar as ciências básicas, como bioquímica, fisiologia, farmacologia etc etc. Na Medicina convencional, desintoxicação é quando um indivíduo, por opção ou acidente, é exposto a excesso de drogas (álcool, venenos ou substâncias ilícitas) e demanda ser tratado. Ou seja, busca-se a  eliminação dessas drogas e respectivos metabólitos principalmente pela urina e fezes. No caso, realmente, sabe-se qual ou quais substâncias estão em excesso e, para tal usam-se drogas que alcancem esse objetivo.

Não há estudos clínicos e tampouco experimentais que tenham sido adequadamente realizados e que possam, de fato, justificar o uso de dietas “detox”. Mas para não parecer que sou apenas crítica, sem fundamento, pergunto:

  • que substâncias estas dietas irão eliminar?
  • são estas dietas adequadas para perda de peso?
  • há riscos associados ao uso das mesmas?

Semana que vem, discutirei cada uma dessas perguntas.

Até à semana que vem!

1 Comentário

Detox? O que?

February 14th, 2016 por

Detox é a abreviação da palavra “detoxificaction” que em português significa “desintoxicação”.  Então o que seria  a dieta “detox”?  Valho-me do “santo” Google, usando  como termo de busca somente “dieta detox” e,  sem surpresa deparo-me com isto: Ou seja, dois milhões, quatrocentos[…]
Leia o post completo…

Deixe um comentário

My trip to Galapagos – part I

July 20th, 2015 por

I have decided to tell you the story of my trip to Galapagos because this is a place of interest to lots of people and, many of my friends have told me it’s their dream to visit the archipelago. Although,[…]
Leia o post completo…

2 Comentários

Uma semana no Uruguai!

April 3rd, 2015 por

Uma semana de turismo no Uruguai! Uruguai, país lindo e de gente muito acolhedora foi escolhido para terminarmos 2014 e começarmos 2015, porque, no início de Novembro quando fui fazer algumas conferências tive a oportunidade de mais uma vez disfrutar[…]
Leia o post completo…

1 Comentário

Surpresa? Não! Triste? Talvez! Acima de tudo incomodada….

October 5th, 2014 por

Nada mais me deixa surpresa! Não, realmente espero de tudo, de todos! Talvez um pouco triste em ver as coisas como são e, não como penso que deveriam. Neste sentido pergunto-me, que esperaria eu da vida? Bem, da vida, talvez[…]
Leia o post completo…

1 Comentário

Quanto mais acho que sei, mas tenho a certeza de que nada realmente sei! Que coisa…..

August 31st, 2014 por

Não me espanto mais com as práticas atuais da Medicina e, começo a acreditar que a passagem da minha fase adulta à de anciã está aproximar-se, pois saudosamente recordo-me que “ainda ontem” fazia diagnósticos com base apenas na clínica. Hoje,[…]
Leia o post completo…

1 Comentário

Noni, a fruta milagrosa? Será???? Nãooooooooo……cuidado!!!

August 15th, 2014 por

Esta semana, uma jornalista quis fazer entrevista comigo sobre “uma frutinha que está na moda”. Assim foi o contato inicial pela busca de respostas para a tal frutinha, que ela (jornalista) gostaria de fazer a matéria, uma vez que havia[…]
Leia o post completo…

1 Comentário

A world within a small city! Praiseworthy or spooky???

August 10th, 2014 por

A world within a small city is life at  Google’s headquarters, in Mountain View, California. There, I found myself an “old lady” amidst  long hairy (or not) youngsters, wearing shorts, slippers and t-shirts, speaking different idioms,  sharing knowledge and expertise:[…]
Leia o post completo…

2 Comentários

A pílula mágica….mas eu quero mesmo é ir para Shangri La

September 8th, 2013 por

Sábado,  7 de setembro, dia de independência do Brasil! Viva  a pátria! Comemoremos….. E, eu? Feliz, na companhia do meu fiel cãozinho Nick,  em casa,  a descansar das longas nove horas dentro de um avião. Eis que toca o interfone….”Doutora[…]
Leia o post completo…

1 Comentário

Crêpes Suzette – panquecas para um príncipe?

July 30th, 2013 por

Os famosos crêpes Suzette, nada mais são do que panquecas flambadas com  licor Grand Marnier. A criação desta deliciosa sobremesa ocorreu por acidente. Explico… Em 1985, o príncipe de Gales, conhecido pelas suas muitas aventuras com mulheres (digamos que era[…]
Leia o post completo…

Deixe um comentário